Foto: Angelo Rocha

Na série "O que aprendi com o jornalismo?" de hoje (03), Anna Vitoria Vieira conta sobre a importância da liberdade de expressão na produção da notícia. Já a estudante Mariele Zanin ressalta a necessidade de ver o lado humano das pessoas em situações do cotidiano.

foto

A terceira edição do telejornal Correspondente Local já está no ar. Acompanhe as notícias de Ponta Grossa e região, a partir de uma contextualização dos acontecimentos, produzidas pelos estudantes de Jornalismo da UEPG.

Os destaques desta edição são: as políticas públicas no esporte na cidade, o Operário na final da série D do Campeonato Brasileiro, o projeto de lei que discute a instalação de ciclofaixas em Ponta Grossa, a votação da nova gestão do Diretório Central dos Estudantes da UEPG, e muito mais. E o Correspondente Local desta semana conta ainda com uma reportagem especial sobre o machismo no cenário musical no contexto de mulheres que atuam no meio ponta-grossense. Confira.

 

Na série "O que aprendi com Jornalismo?" de hoje (27), os estudantes Lauro Alexandre e Thanile Ratti do quarto ano de Jornalismo da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), revelam as experiências adquiridas com o curso.

ALEP PR Angelo Rocha 25 de 32
As universidades protestaram contra medidas do Governo do Estado na Alep, na última segunda-feira. Foto: Arquivo.

Na manhã de terça-feira (22), os estudantes do primeiro ano do curso de Jornalismo da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) realizaram entrevista coletiva com a presidente da Seção Sindical dos Docentes (Sinduepg), professora Rosângela Petuba. Ela falou sobre a presença da entidade na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), no dia anterior, e as ações do Governo do Estado em relação às universidades públicas.
A ida de docentes e estudantes das universidades até a Alep aconteceu com o objetivo de acompanhar a sessão plenária, que contou também com a presença do reitor da Universidade Estadual de Maringá (UEM), Mauro Baesso, e o representante do movimento do Comitê em Defesa das Universidades Públicas Estaduais do Paraná, professor Luiz Fernando Reis.

Para Petuba, os projetos aprovados pelo Governo Estadual compõem uma política de restrição de direitos e ataques à universidade pública de qualidade. “A longo prazo, o que teremos é um desmonte das universidades do Paraná”, analisa a professora. “Se essa política permanecer, a instituição pública de ensino, pesquisa e extensão irá desaparecer. Ouso dizer que esse é o horizonte apontado pelo atual governo”.

A conversa durou aproximadamente uma hora e abordou a ideia de que as universidades são vetores de crescimento e desenvolvimento regional e não devem ser compreendidas como um gasto. Rosângela Petuba desaprova a inclusão da universidade estadual no sistema Meta-4 e acredita que a UEPG apresenta uma concepção de gestão universitária diferenciada em relação a outras universidades estaduais. “Gostaria que a universidade apresentasse uma postura mais corajosa, mas isso foi uma disputa que perdemos nos conselhos”, revela. “Vale repensarmos essa concepção de gestão que, por ora, está colocada na UEPG”.

A repercussão completa da entrevista coletiva você confere no radiojornal Ponto da Notícia. Acesse ainda outras notícias que envolvem a UEPG: 

http://www.periodico.jor.br/index.php/216-arquivo-periodico/449-para-nao-esquecer-o-massacre-29-de-abril
http://www.periodico.jor.br/index.php/uepg/257-apos-reivindicacao-de-professores-e-de-alunos-do-dejor-uepg-aprova-dedicacao-exclusiva-para-colaboradores
http://www.periodico.jor.br/index.php/todas-as-noticias/115-cidade-e-cidadania/650-ponto-da-noticia-uepg-contesta-alep-sobre-transparencia-e-salarios

Foto: Kimberlly Safraide

A partir de hoje (23), o Correspondente Local assume periodicidade semanal. Toda quarta-feira, você acompanha notícias de Ponta Grossa, reportagens especiais e comentários. Confira os destaques da edição desta semana: