Foto: Danilo Schleder

Na última edição do Ponto da Notícia em 2017 você confere o Vestibular de Verão da UEPG teve baixa considerável no número de concorrentes. Confere também informações sobre a ameaça de extinção do Cacto Bolinha e uma matéria especial sobre a situação dos refugiados que vivem em Ponta Grossa.

Confira informações sobre o 13º salário, IPTU 2018 e o Dezembro Vermelho, uma campanha de prevenção ao HIV. 

O site ELOS foi lançado no dia 20 de novembro.

 

Na última segunda-feira, 20, o curso de Jornalismo da Universidade Estadual de Ponta Grossa lançou o site ELOS - direitos humanos, gênero e formação cidadã. A data do lançamento foi escolhida por ser também o Dia Nacional da Consciência Negra. O site ELOS faz parte do mais novo projeto de extensão do curso, que conta com a participação de três professoras e cerca de dez estudantes. Confira na reportagem de Ana Lopes e Millena Lopata:

 

 

fotot

Na noite desta quarta-feira (22) começou o II Simpósio  Internacional Interdisciplinar de Ciências Sociais Aplicadas no Grande Auditório do Campus Central da UEPG.

O evento é uma iniciativa do Programa de Pós-Graduação do setor de Ciências Sociais Aplicadas e aborda a temática Cidadania e Direito Social. O evento encerra nesta sexta (24) e é aberto a todo público.

Confira:

Foto: Danilo Schleder

No dia 31 de outubro, aconteceu audiência pública que debateu a Lei Orçamentária para 2018 e os encaminhamentos para servidores públicos no Estado do Paraná. A discussão principal girou em torno da redução dos investimentos nas áreas de educação, saúde e segurança pública.

De acordo com a lei apresentada pelo governador Beto Richa, os recursos previstos para o pagamento de pessoal e encargos sociais são de aproximadamente R$ 1,838 bilhão, cerca de R$ 82 milhões a menos que oferecido em 2017.

A equipe do portal Periódico produziu uma reportagem que discute os desdobramentos e impactos que o corte de verbas pode causar nas universidades estaduais. A comissão tem até o dia seis de dezembro para encaminhar para votação a proposta final do Projeto de Lei nº 279/2017. Após esse dia não são aceitas emendas no texto final.

A reportagem sobre a previsão de corte de verbas faz parte da última edição do Correspondente Local de 2017, que encerra hoje (16). Confira:

 

foto trabalho escravo angelo rocha

Foto: Angelo Rocha

Nesta edição do Correspondente você entende como os últimos dados sobre o desemprego no Brasil influenciam no aumento do emprego informal e em más condições de trabalho, e como a decisão do presidente Temer, através da portaria nº 1129/2017, pode dificultar o combate ao trabalho escravo. No último dia 31 de outubro, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou os dados da pesquisa nacional por amostra de domicílios. A pesquisa revela dados que apontam um índice de 12,4% na taxa de desemprego do país, no período de julho a setembro. Nesses três meses, a quantidade de pessoas empregadas chegou a 91,1 milhões, revelando um crescimento de 1,5% na comparação com o período de abril a junho. No entanto, o aumento foi majoritariamente nos trabalhos do mercado informal, já que mais da metade dos empregos foram gerados sem carteira assinada. Com um crescimento de 288 mil pessoas sem carteira assinada o Brasil está, no contexto atual, com mais de 10 milhões de trabalhadores sem carteiras. Ainda entre os destaques, confira a cobertura do último jogo do Ponta Grossa Caramuru Vôlei e a polêmica na decisão do STF que pode aplicar restrições na doação de sangue por homossexuais.