Foto: Mirna Bazzi

Na última terça-feira (24), a Comissão Especial de Investigação do Lixo em Ponta Grossa se reuniu na Câmara Municipal para ouvir o presidente da empresa Ponta Grossa Ambiental (PGA), Marcus Borsato, e a presidente do Conselho de Meio Ambiente (Comdema), Caroline Schoemberger. Em pronunciamento, a presidente do Comdema defendeu que o aterro do Botuquara deve funcionar por mais dois anos e diz ser contra o novo processo de licitação para escolher uma empresa responsável pela destinação do lixo. Nesta edição do Correspondente Local você confere a repercussão do caso na Câmara dos Vereadores. Assista também a uma reportagem sobre a Comissão Especial de Investigação da München Fest de 2017, a cobertura da Superliga Masculina de Vôlei e uma reportagem especial sobre intolerância nas artes. Confira: