Foto: Giulia G. do Prado

Nos últimos quatro anos, os vereadores apresentaram 1184 projetos na Câmara Municipal de Ponta Grossa (CMPG), dos quais 716 foram sancionados ou promulgados; quase 230 ainda estão em trâmite, enquanto cerca de 220 foram retirados, rejeitados ou arquivados. A equipe do Periódico reuniu dados sobre a atuação dos vereadores ponta-grossenses, incluindo os projetos de lei, as indicações e moções apresentadas pelos membros da CMPG. 

 

521 candidatos disputam 23 cadeiras na Câmara Municipal. Foto: Giulia G.do Prado

 

Os candidatos a vereadores de todos os municípios do Brasil precisam declarar bens no momento em que forem registrar a candidatura. Segundo o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de Ponta Grossa, a declaração é feita para que se tenha controle da evolução patrimonial de todos os candidatos. Segundo os dados levantados pela equipe do Portal Periódico, dos 521 candidatos registrados no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), 302 declararam seus bens, representando 58% do total.

A rotina de um vereador inclui sessões na Câmara Municipal dos Vereadores que vão de 15 de janeiro até 15 de dezembro. Foto: Lucas Feld

Na disputa por uma dos 23 cadeiras no legislativo e um salário de R$10 mil reais mensais, 517 candidatos concorrem a um cargo de vereador na cidade de Ponta Grossa. Dos atuais parlamentares, 20 buscam a reeleição, enquanto um concorre à vaga de prefeito e outros dois indicam familiares à sua cadeira.