Foto: Camila Zanardini

O programa Ponto da Notícia realizou, no dia 31 de outubro, um debate sobre os limites da arte e a censura de peças artísticas devido a recentes polêmicas envolvendo nudez e arte. Para a composição da mesa de debate convidamos o professor graduado em Artes Visuais pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), Lucas Bandeira de Melo, e o professor de Direito da UEPG, Pedro Miranda.

No primeiro bloco, o debate gira entorno da recente polêmica que ocorreu no Museu de Arte Moderna de São Paulo, na qual uma criança interagiu com um artista nu na peça chamada La Béte, e também do caso do QueerMuseu, no Santander Cultural de Porto Alegre, no qual a exposição acabou sendo cancelada devido a protestos contrários ao conteúdo da mostra.

O segundo bloco aborda questões vinculadas aos movimentos ditos conservadores em relação a expressões artísticas e culturais, e como esse posicionamento influência nas áreas da educação, artes, e os fatores políticos envolvidos na restrição das discussões sobre liberdade de expressão.

No terceiro bloco, o assunto decorre em torno das influências que os meios de comunicação e as mídias sociais possuem sobre o público e como podem afetar a liberdade de expressão. O debate problematiza como os espaços de discussão abertos em redes sociais acabam por limitar e moralizar assuntos como arte e política.

No quarto e último bloco, foi resgatado o caso da Câmara de Vereadores em que o vereador Pastor Ezequiel (PRB-PR) ameaçou a cantora drag queen Pabllo Vittar de prisão, caso saísse nas ruas da cidade durante a tradicional München Fest.

Ouça: