Foto: Divulgação

Abertura do Fenata remonta o espetáculo que deu origem ao festival

Emoção à flor da pele resume bem o que foi o espetáculo ‘A Moratória’, espetáculo de abertura do 45º Fenata. A platéia consegue sentir o desespero da família ao saber que está em crise e que pode perder a fazenda, sente impotência quando tudo está a perder e também esperança quando uma possível moratória poderia resolver os problemas da família. É possível sentir junto dos atores a angústia com toda a situação. O espetáculo aconteceu no Cine Teatro Pax, na noite do dia 8 de novembro.

O espetáculo retrata as fatalidades da família de Joaquim, que devido à crise do café em 1929, contraiu dívidas e viu a fazenda ir à leilão, tendo uma moratória concedida pelo governo como a esperança de recuperar o imóvel. Além disso, ‘A Moratória’ abre os espetáculos das mostras competitivas. Texto escrito por Jorge Andrade, escritor e dramaturgo brasileiro, é considerado um clássico da dramaturgia brasileira, além disso, foi esse espetáculo que deu origem ao Fenata em 1973, na época dirigido pelo teatrólogo e ator Telmo Faria que coordenava o GTU (Grupo de Teatro Universitário da UEPG).

Além disso, em um contexto polêmico em que se discute a censura às artes - vale relembrar as polêmicas proibições da exposição Queermuseu no MAR - Museu de Arte do Rio - o espetáculo de abertura do Fenata ignora a censura com ‘A Moratória’, ao incluir a nudez como um dos elementos que compõem o espetáculo, somando ainda mais para retratar o momento de crise vivido pela família. A nudez soa natural e foi o elemento chave de encerramento de ‘A Moratória’

Começar com um espetáculo desafiador ao momento de censura que as artes estão passando foi uma escolha acertada pois demonstra que o teatro não vai sucumbir à censura e seguirá interpretando histórias a maneira que sempre fez.

O festival se estende até 16 de novembro, com a apresentação de 36 grupos teatrais de diferentes lugares do país, divididos nas categorias adulto, infantil/bonecos animação (mostra competitiva); e sessão Telmo Faria, teatro de rua e Teatro dos Campos Gerais (mostra não competitiva).

Serviço: acompanhe a programação do fenata http://www.youblisher.com/p/1890944-45fenata/