Foto: Divulgação

O Street Dance, em português, Dança de Rua, é um ritmo que se desenvolveu e se popularizou a partir dos anos 1970 nas ruas das grandes cidades norte-americanas. O estilo recebeu influências da chamada “cultura de rua”, englobando elementos como o grafite. O Street Dance pode ser considerado um tanto eclético quanto aos gêneros musicais utilizados, por exemplo, Rap e Hip Hop. O estilo também recebeu influências do funk e de outros gêneros mais contemporâneos.

A dança se desenvolve a partir de movimentos coordenados e harmoniosos, o que torna o corpo uma forma de comunicação coreografada entre quem pratica Street Dance. O ritmo possui movimentos fortes e enérgicos, incluindo manobras acrobáticas e diversos saltos, incluindo saltos mortais e por abranger diversos gêneros e estar ligado com a “cultura de rua”. O estilo é dividido em seis modalidades, sendo elas a “Locking”, “Brooklyn Rock”, “Popping”, “Boogaloo”, “Breaking” e “Freestyle”. Cada uma das modalidades possui um diferencial, como os gêneros musicais, os movimentos corporais e até mesmo a época em que surgiriam – variando entre os anos 1970 e 1980.

No Brasil, o Street Dance surgiu primeiramente nas casas noturnas paulistanas, e logo o ritmo tomou as ruas dos bairros de maior concentração nas grandes cidades. O surgimento do estilo no país também está ligado a questões sociais, raciais e políticas, uma vez que o Street Dance se propagou no país pela periferia e também, principalmente, pelos negros.

Atualmente o Street Dance é um ritmo que também pode ser encontrado nas escolas de dança brasileiras, ensinando para os alunos as principais vertentes da dança. Em Ponta Grossa as aulas de Street Dance podem ser encontradas por um preço médio mensal de R$ 100,00.