Cachoeira do Rio São Jorge. Foto: Ana Luisa Vaghetti


As cachoeiras além de belezas naturais são opção de lazer para os pontagrossenses

Basta fazer um dia de sol e calor que as pessoas procuram lugares para se refrescar, a opção para muitos são os rios e cachoeiras. Em Ponta Grossa, existem várias opções para esta atividade, entre as mais famosas e procuradas estão o ‘Buraco do Padre’, ‘Cachoeira da Mariquinha’, 'Recanto Botuquara', 'Capão da Onça' e ‘Cachoeira do Rio São Jorge’. Principalmente nos fins de semanas o público procura estes locais de lazer e as cachoeiras ficam lotadas. Pode-se observar que a maioria das pessoas vai até estes locais em grupos, dificilmente encontra-se alguém sozinho. Entretanto, é também um lugar para encontrar e fazer amigos, pois este tipo de programa é popular na cidade.


Pode-se observar em tais lugares a facilidade com que as pessoas, mesmo não se conhecendo, tem para conversar. Simplesmente, aproximam-se umas das outras para conversar e trocar informações. Desta forma, se dá a impressão de sempre ter um clima harmonioso. As localidades são propícias para a prática de caminhada e rappel.


Entretanto, a imprudência de alguns visitantes ganha destaque. Mesmo sendo áreas de conservação municipal, como é o caso do ‘São Jorge’, encontra-se lixo espalhado muito próximo da água. E ainda o fato de em pontos específicos serem perigosos para nadar, as pessoas acabam arriscando. As irregularidades são também por parte dos proprietários, em que o único aviso sobre a profundidade do lugar é uma placa escondida no meio da vegetação. Além disso, em nenhum momento se encontra salva-vidas ou socorristas. A 'Cachoeira do Rio São Jorge' fica localizada a 15km do centro urbano de Ponta Grossa e a taxa de entrada saí por R$12,00. 

Serviço: As cachoeiras em Ponta Grossa cobram entradas que variam de R$5,00 à R$15,00.