Projeto atua desde 2007 em busca de incentivo à leitura e cresce com ajuda de colaboradores.

Você conhece o Bando da Leitura? A história do Bando da Leitura começou a ser escrita no ano de 2007, através dos olhos da fundadora Lucélia Clarindo, com o simples propósito de incentivar a leitura entre crianças e jovens. Ao ser idealizado, o Bando da Leitura organizou rodas de leitura e atividades culturais para a comunidade e cresce cada vez mais no cenário municipal ao se tornar um Ponto de Leitura reconhecido pelo Ministério da Cultura.

O improviso da sala com os livros no quintal da casa de Lucélia mostra que a vontade de compartilhar histórias e personagens é maior do que qualquer dificuldade enfrentada e que impeça o caminhar da ação voluntária. O Bando da Leitura surgiu da iniciativa da pedagoga Lucélia e seus alunos, e fez com que a ideia de se reunir com as crianças para ler, contar e construir histórias se tornasse real. O projeto faz com que as crianças ouçam as histórias e também façam a sua própria interpretação dos temas retratados nos livros.

Atualmente, o Bando da Leitura, que completa 10 anos em 2017, continua no endereço origina e mantem o propósito inicial: promover a leitura. Com a ajuda de muitos colaboradores, o projeto cresce cada vez mais e ganha reconhecimento. O grupo já foi convidado a participar da Bienal do Livro em São Paulo e também ao Congresso Internacional de Leitura e Biblioteca no Memorial da América Latina. O projeto ganhou destaque nacional pelo Plano Nacional do Livro e Leitura (PNLL) e a Homenagem Municipal de Mérito Cultural Ribas Silveira, entre outros.

Serviço: As reuniões do Bando da Leitura acontecem todas as quartas-feiras, das 9h30 às 11h e das 14h às 16h, no bairro de Oficinas.