Foto: Ana Luisa Vaghetti

Garimpo 1926: espaço cultural inaugura em Ponta Grossa

Trazendo uma mistura de vintage e histórico, o novo espaço Garimpo 1926 conta com antiquário, loja de presentes, café, sebo literário e de vinis, além de uma sede da Editora e Livraria Estúdio Texto. O espaço revitaliza uma casa antiga no bairro de Uvaranas, que existe desde 1926. O imóvel tombado pelo Conselho Municipal de Patrimônio Cultural (COMPAC) é considero patrimônio histórico da cidade. A criação do Garimpo surgiu de um grupo de amigos com o intuito de promover um espaço de cultura e convivência.

Ao entrar no Garimpo é nítida a preocupação por preservar cada estrutura da casa quase centenária. A pintura e decoração vintage funcionam como uma cápsula do tempo que resgatam através de técnicas de restauração lembranças históricas que muitos querem reviver e outros nem tiveram a oportunidade de conhecer.

O objetivo da casa é possibilitar uma agenda de atividades culturais para a região. O ambiente externo do Garimpo deve funcionar como um espaço de palestras, feiras, oficinas, e discussões. O intuito do novo local é permitir que haja debates e conversas sobre teatro, música, história, assuntos filosóficos e muito mais.

No antiquário do Garimpo 1926 são vendidos produtos antigos como máquina registradora, telefone, cabideiro, placa decorativa, batedeira, relógio, secador, placa de carro, copos, moedor de carne, televisão, ventilador, cadeira de barbeiro, bicicleta, máquina de calcular e entre outros. Além disso, o sebo conta com venda de livros diversificados, de fotos a teoria e literatura. Para quem gosta dos vinis, há uma diversidade de estilos musicais como nacionais, internacionais, rock, jazz e música latina.