Foto: Ana Cláudia Pereira

Talvez muitos não saibam, mas a entrada que dá acesso à ao Bloco A do campus central da Universidade Estadual de Ponta Grossa é uma praça com nome e tudo: Santos Andrade



É essa praça que dá endereço à UEPG e homenageia um comerciante e político paranaense que participou da elaboração da Constituição Brasileira de 1891.

A praça Santos Andrade de Ponta Grossa tem certa semelhança com a praça de mesmo nome de Curitiba, pois esta última também se localiza próxima a uma universidade: a Federal do Paraná. A nossa praça, no entanto, é mais restrita aos estudantes, pois fica para dentro dos portões da UEPG.



A Santos Andrade é, antes de tudo, um local de acesso: logo de manhã, se veem alunos chegando de transporte coletivo (descendo nos pontos que ficam em frente ou na lateral da praça), de carro e até mesmo a pé, já que alguns moram no entorno. Mas na correria das aulas ou pelo costume de entrar nos outros acessos, para muitos, a praça quase fica despercebida.

No entanto, entre uma aula e outra e nos horários de almoço, sempre há grupos de alunos que fazem, desse lugar de passagem, um espaço de interação. Alguns conversam, outros fumam... Há quem faça as duas coisas ao mesmo tempo. Também se vê um ou outro casal de namorados nos bancos instalados sob a as emblemáticas Araucárias, árvore símbolo do Paraná. O local tem muitas outras árvores que, nessa época do ano, estão todas floridas.

Nos horários de saída também há alguns alunos que, enquanto esperam uma carona ou a hora de ir para o ponto de ônibus, aproveitam para trocar ideias sobre as aulas ou falar de algo que os faça esquecer que estão na Universidade.

Mas além da passagem e da espera, a Santos Andrade é também um local de manifestações. Dali se vê a fachada da UEPG, onde quase sempre a há uma faixa ou bandeira, dando as boas-vindas para um evento ou reivindicando uma causa.

Serviço: A Praça Santos Andrade se localiza na esquina da Avenida München com a Rua Dr. Penteado de Almeida.