O filme 'Ela' foi o último exibido pelo projeto. Foto: divulgação

Filosofia e cinema são o que movem o Projeto Fissura

O Projeto Fissura é uma iniciativa dos alunos pesquisadores do curso de Licenciatura em Filosofia da Faculdade Sant’Ana. O objetivo é a discussão filosófica dos longas e a disseminação da cultura cinematográfica. O projeto está em seu terceiro ano de funcionamento, e durante 2017 já exibiu 11 longa metragens, até o fim do semestre 15 filmes devem ser reproduzidos.

Neste ano o projeto retomou as atividades no mês de março, com o filme ‘Mr. Nobody’ (2009) do diretor Jaco Van Dormael, a novidade é que o Fissura passou a integrar o calendário de atividades da Prefeitura, por meio da Fundação Municipal de Cultura. No mês de agosto foi exibido o longa ‘Ela’ (2013), de Spike Jonze, que conta a história de um escritor que se apaixona pela voz do novo sistema operacional que instalou no computador. A partir do enredo da película, o projeto discutiu o que é o amor e o relacionamento do homem contemporâneo com as tecnologias.

Uma das características do Fissura são os curtas, exibidos antes de iniciar a sessão cinematográfica e divulgados na página do Facebook do projeto, que são de autoria dos próprios integrantes. As produções caseiras são diferentes umas das outras e não têm, necessariamente, relação com o filme que vão abrir.

Durante o ano, os encontros do projeto acontecem no Cine Teatro Ópera, a presença pode gerar três horas de atividades complementares para os participantes. A entrada é franca e ainda não há data para a décima segunda exibição cinematográfica.

Serviço: As atividades do Fissura podem ser acompanhados pela página do Facebook.

*Até o fechamento do texto a nova exibição cinematográfica não tinha data marcada. Porém, no sábadoo, 26, foi divulgado a nova data.